Pular para o conteúdo
Voltar

Sinfra apresenta relatório de execução das metas fiscais na Assembleia Legislativa

Apresentação foi realizada durante audiência pública promovida pela Comissão de Fiscalização e Acompanhamento Orçamentário
Guilherme Blatt | Sinfra-MT

Sinfra-MT - Foto por: Sinfra apresenta execução de metas em audiência na Assembleia Legislativa
Sinfra-MT
A | A

A Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística (Sinfra-MT) apresentou, nesta segunda-feira (09.05), o desempenho das metas físicas de suas ações prioritárias no 2º semestre de 2021, durante audiência pública realizada pela Comissão de Fiscalização e Acompanhamento Orçamentário da Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso.

O secretário adjunto de Obras Rodoviárias, Nilton de Britto, afirmou que a Sinfra-MT assumiu metas ousadas para a infraestrutura estadual e lembrou que, no momento, Mato Grosso tem em execução a construção de três das maiores pontes do país: uma de 483 metros sobre o Rio das Mortes, em Cocalinho, e outras duas sobre o Rio Teles Pires na Região Norte, com 550 e 690 metros de extensão, em Alta Floresta e Carlinda, respectivamente.

“É preciso fazer um retrospecto. Quando essa gestão assumiu em 2019, o Estado não tinha recursos e não tinha projetos. O governador Mauro Mendes destinou recursos para que pudéssemos realizar esse grande programa de infraestrutura, com obras em todos os cantos de Mato Grosso”, afirmou.

De acordo com Nilton, a Sinfra-MT conseguiu atingir mais de 90% da meta orçamentária em 2021. “O desafio é constante. Temos mais de 20 mil quilômetros de rodovias não pavimentadas e vamos continuar licitando projetos para serem realizados nos próximos anos”.

O secretário adjunto de Obras Especiais, Isaac Nascimento Filho, lembrou que o objetivo era chegar ao fim do ano com 98% das obras da copa de 2014 concluídas, o que ocorreu. “Ainda falta concluir a trincheira Jurumirim, que já estamos terminando, a Avenida Archimedes Pereira Lima, que está em andamento, a Avenida 8 de Abril em fase final e o COT da Barra do Pari, que aguarda que um acordo com a empresa executora seja homologado pela Justiça”, disse.

Durante a audiência, o secretário adjunto de Logística e Concessões, Huggo Waterson, apresentou a situação das concessões rodoviárias e das obras em aeroportos, bem como a reforma da balsa do Rio Xingu. Já a secretária adjunta de cidades, Rafaela Damiani, falou sobre as obras civis desenvolvidas pela Sinfra-MT.

A audiência pública foi aberta virtualmente pelo deputado estadual Dilmar Dal Bosco e contou com a participação do presidente da Comissão de Fiscalização e Acompanhamento Orçamentário, deputado Carlos Avalone.