Pular para o conteúdo
Voltar

Obra em prolongamento de avenida garante melhor qualidade de vida com canalização

Com 700 metros de extensão avenida representa um investimento de R$ 14,5 milhões do Governo do Estado
Guilherme Blatt | Sinfra-MT

Prolongamento da Avenida Parque do Barbado - Foto por: Fiscalização/Sinfra-MT
Prolongamento da Avenida Parque do Barbado
A | A

As obras do prolongamento da Avenida Parque do Barbado, em Cuiabá, estão com 30% do seu total executado. Além de proporcionar a melhoria no trânsito de toda a região, a obra executada pelo Governo de Mato Grosso vai garantir qualidade de vida para os cidadãos que moram no entorno do Córrego do Barbado, que será canalizado.

O secretário de Infraestrutura, Marcelo de Oliveira, destaca que a canalização é um dos aspectos mais importantes da obra. “Vamos devolver a dignidade para os moradores do Pedregal e Renascer, que sofrem com alagamentos e o mau cheiro. Essa obra no Córrego do Barbado também vai garantir mais saúde para a população”, afirma.

Com 700 metros de extensão, o prolongamento da Avenida Parque do Barbado vai ligar a Estrada do Moinho até a Avenida das Torres. A obra prevê a canalização de todo ao longo da avenida, sendo que nos trechos próximos às rotatórias de acesso ele será totalmente coberto.

Até o momento uma das três galerias já foi finalizada, enquanto que a segunda está em andamento. Entre outros serviços já realizados estão a retirada do solo inservível, e compactação. O investimento realizado pela Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística (Sinfra-MT) é da ordem de R$ 14,5 milhões.

A nova avenida que será implantada terá pista dupla, com calçamento dos dois lados, ciclovia em concreto, iluminação em LED e sinalização. 

A avenida será uma nova rota para melhorar a mobilidade entre a Avenida das Torres, Estrada do Moinho e Avenida Fernando Côrrea da Costa. Irá facilitar o trânsito, por exemplo, entre a região da Avenida dos Trabalhadores até a Ponte Sérgio Motta.

A primeira parte da Avenida Parque do Barbado foi originalmente planejada dentro do pacote de obras para a Copa do Mundo de 2014. Licitada em 2012, a via não foi finalizada dentro do prazo e seguiu em ritmo lento nos anos seguintes. 

A atual gestão do Governo de Mato Grosso retomou as obras em 2019 e entregou a Avenida em janeiro de 2020, com 1,6 quilômetro, iluminação e ciclovia.