Pular para o conteúdo
Voltar

Concessionária realiza obras de melhorias no Terminal Rodoviário de Cuiabá

Adequação da infraestrutura faz parte do contrato de concessão, que prevê mais conforto ao usuário
Guilherme Blatt | Sinfra-MT

Concessionária realiza obras na rodoviária de Cuiabá - Foto por: Divulgação/Sinfra-MT
Concessionária realiza obras na rodoviária de Cuiabá
A | A

O Terminal Rodoviário de Cuiabá passa por sua primeira grande reforma estruturante em mais de 40 anos, desde a sua inauguração. Os investimentos só são possíveis devido à concessão realizada pelo Governo de Mato Grosso, por meio da Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística (Sinfra-MT).

As obras no Terminal Rodoviário Cássio Veiga de Sá começaram no final de julho deste ano, por parte da concessionária Sinart, que assumiu a gestão da rodoviária em maio de 2021. Estão previstos investimentos na ordem de R$ 18 milhões em um período de 25 anos.

De acordo com o secretário de Infraestrutura, Marcelo de Oliveira, a Rodoviária de Cuiabá é um prédio com arquitetura diferenciada, e a concessão vai garantir conforto aos usuários. “O cidadão quer um ambiente limpo, um banheiro limpo, um local para fazer uma refeição. A concessão garante segurança e conforto para o passageiro que vai chegar ou sair de Cuiabá”, afirmou.

Na primeira etapa do trabalho já foi construído o muro de cercamento do local. Agora, estão em andamento as construções dos novos sanitários da área de espera das plataformas de embarque e de desembarque.

Outro trabalho que está em andamento é o recapeamento das pistas de acesso da rodoviária, alvo constante de reclamações por parte das empresas de transporte. As pistas no embarque e no desembarque também ganharão asfalto novo.

“As obras seguem a todo vapor e logo a população de Mato Grosso terá um Terminal Rodoviário requalificado, com oferta ampla de serviços e melhores estruturas físicas”, afirmou o gerente da Sinart, Selmo Marques. 

O gerente explicou que também estão sendo construídas novas áreas administrativas no subsolo, que irão atender os serviços públicos, assim como a reforma da cobertura. O prédio inteiro será revitalizado em um prazo de dois anos, incluindo a adequação dos itens de acessibilidade em todos os níveis.

Todos os projetos da reforma foram revisados e aprovados pela Sinfra-MT. A concessão prevê a instalação de um elevador panorâmico, implantação de espaços para serviços comerciais, como caixa eletrônico, restaurante, lotérica, internet wifi e outras melhorias.