Pular para o conteúdo
Voltar

Governo assina ordem de serviço para pavimentação do bairro Centro América

Com investimentos de R$ 2,9 milhões, oriundos da parceria entre o Governo do Estado e o Ministério das Cidades, serão asfaltadas 22 ruas do bairro.
Betell Fontes | Sinfra-MT

Rafael Manzutti
A | A

Uma obra aguardada há anos pelos moradores do bairro Centro América, em Cuiabá, sairá do papel. O governador Pedro Taques assinou nesta quinta-feira (12.04) a ordem de serviço para início dos trabalhos de drenagem e pavimentação asfáltica de 22 ruas, que serão realizadas pela Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística (Sinfra).

“Nós vamos pavimentar o bairro Centro América e estamos aqui para saldar este compromisso. No centro da cidade, um bairro tão importante como este, que tem mais de 30 anos, não pode ficar sem pavimentação. O processo estava todo enrolado. Conseguimos regularizar, e estamos aqui para dar a ordem de serviço”, afirmou o governador Pedro Taques.

Com investimentos de R$ 2,9 milhões, oriundos da parceria entre o Governo do Estado e o Ministério das Cidades, serão asfaltadas 22 ruas do bairro. Entre as ruas que serão pavimentadas está a Avenida Acácia Cuiabana, conectando a Avenida Historiador Rubens de Mendonça até a Avenida Brasil.

“Esta obra iniciará imediatamente. E hoje, com a ordem de serviço dada pelo governador, os trabalhos finalmente vão começar, após mais de 10 anos de espera. É uma obra que era muito aguardada porque já tinha sido prometida várias vezes, mas nunca foi cumprida. Desta vez o governador veio, prometeu e conseguiu resolver os problemas que tinha”, disse o secretário de Infraestrutura e Logística, Marcelo Duarte.

Localizada entre os bairros Morada do Ouro e CPA, parte do bairro Centro América sofre com a falta de pavimentação. Esta obra terá um grande impacto para a valorização e bem-estar da população. A pavimentação asfáltica do bairro Centro América é uma parceria entre os Governos Estadual, Federal e Municipal.

Sonho tornando realidade

Esta será a concretização de um sonho antigo dos moradores que sofrem, há anos, com a ausência do pavimento. Para Reginalda Aparecida Marques, moradora do bairro há 27 anos, a poeira incomodava muito, além de trazer problemas de saúde. Ela acredita que com a chegada do asfalto vai melhorar muito na qualidade de vida.

“Nós temos orado muito para ter este asfalto aqui. E, graças a Deus, está chegando. Estamos muito felizes: vai acabar a poeira, a lama. Temos muitas dificuldades para o carro entrar, nada fica limpo, e no tempo da poeira é muito pó e buraco. Não é fácil, não”, desabafou a moradora.

Vânia Lenir reside no bairro há 28 anos, e as reclamações são semelhantes. Para ela, nos meses mais secos, é praticamente impossível ficar morando no local por causa da poeira e do calor. 

“É um sofrimento muito grande, pois vivemos sem asfalto, sem infraestrutura e não temos esgoto. É um bairro sofrido. Este asfalto vai mudar nossa vida por inteiro. Agora você imagina: dentro de um bairro que não tem asfalto, tem poeira e no mês de agosto aquele calor, misturado com a poeira, é insuportável”, ressaltou Vania Lenir.