Pular para o conteúdo
Voltar

Atual gestão do Governo do Estado pavimentou 37% das rodovias do Araguaia e Xingu

Com a pavimentação do trecho de 21 km na rodovia MT-437, o Governo irá assegurar o acesso por asfalto ao município de Confresa, contando a partir do trevo do Natanael.
Betell Fontes | Sinfra-MT

Mayke Toscano
A | A

Dos 274 quilômetros de rodovias estaduais pavimentadas no Araguaia e no Xingu, 102 km foram feitos na atual gestão do Governo de Mato Grosso, obras iniciadas em janeiro de 2015, o que corresponde a 37 % de asfalto novo destas regiões. A mais recente entrega de obra à sociedade ocorreu neste domingo (06.05). O governador Pedro Taques inaugurou 21,2 quilômetros de pavimentação na rodovia MT-437, entre São José do Xingu e Confresa.

A Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística (Sinfra), que tem executado as obras de pavimentação, disponibilizou um mapa com todas as obras realizadas nas regiões. As ações contribuem para o desenvolvimento da economia, tendo em vista o fortalecimento das rotas usadas para o escoamento da produção do agronegócio de Mato Grosso.

Com a pavimentação do trecho de 21 km, o Governo do Estado irá assegurar o acesso por asfalto ao município de Confresa, contando a partir do trevo do Natanael, melhorando o trajeto para as pessoas que se deslocam até a cidade vindo dos municípios de São José e Santa Cruz do Xingu.

A obra recebeu investimentos de R$ 13,2 milhões e faz parte do programa Pró-Estradas que em três anos da atual gestão concluiu 2.400 km de asfalto em rodovias estaduais, considerando as obras de construção (1.000 km) e de reconstrução (1.400 km).

O secretário de Infraestrutura e Logística, Marcelo Duarte, revelou que a obra atende a um antigo sonho da população que sofria com os atoleiros. “Este era um dos piores 20 km da região, tinha muito atoleiro em época de chuva. Estamos fazendo uma gestão que garante a trafegabilidade nos trechos não pavimentados”.

Ainda na região, a Sinfra já pavimentou, só nesta gestão, ao menos 33 quilômetros da rodovia MT-430, melhorando o acesso ao município de Santa Cruz do Xingu (994 km da capital). E para assegurar a continuidade da obra, os primeiros cinco quilômetros devem ser concluídos neste ano.