Pular para o conteúdo

Pró-Estradas

Iniciado em 2015, o Pró-Estradas é o maior programa de construção, reconstrução, manutenção e concessão de rodovias para iniciativa privada realizado por uma gestão do Governo de Mato Grosso. 

De 2015 até o final de 2018, o programa idealizado pela Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística (Sinfra) realizou 2.700 quilômetros de obras em rodovias, considerando tão somente as de construção e reconstrução do pavimento. 

Em relação à manutenção, o Estado de Mato Grosso tem atuado de maneira direta com a pavimentação dos seus pouco mais de 6.6 quilômetros de rodovias pavimentadas, por meio de equipes de manutenção contratadas e divididas em nove regiões do Estado.
 
Além disso, o Estado tem feito parcerias com entidades e associações de beneficiários de rodovias para utilização de patrulhas mecanizadas na manutenção de trechos de chão. E também distribuído para os 141 municípios os recursos do Fundo Estadual de Transporte e Habitação (Fethab), que devem, por força de lei, serem utilizados na manutenção de rodovias não pavimentadas e na recuperação de pontes de até 12 metros.

Dentro do programa, foi criado o Pró-Estradas Vale do Rio Cuiabá que destinou mais de R$ 1 bilhão em investimentos em obras de rodovias e pontes para atender aos municípios desta região. 

Quanto às pontes, o Estado idealizou um programa inédito de construção de pontes de madeira que funciona em muitos casos de forma integrada com o Pró-Estradas. Somente na Rodovia Transpantaneira (MT-060), foram construídas 31 pontes mistas que substituíram as antigas de madeira, melhorando o acesso dos turistas ao Pantanal Mato-grossense. 

A Sinfra também construiu pontes com recursos do BNDES atendendo diversas regiões do Estado, com pontes mais seguras para utilizam da população. Só o programa Pró-Concretou prevê a construção de 61 pontes de concreto no Estado. Mas, além disso, o Estado construiu também pontes em rodovias novas que foram pavimentadas durante os últimos quatro anos. 

As concessões de rodovias à iniciativa privada destacaram-se durante esta gestão. Foram mais de 300 quilômetros de rodovias que foram concessionadas em leiloes realizados na bolsa de valores oficial do Brasil – a B3. 

Estas são apenas algumas das ações que contribuíram para Mato Grosso deixar a última posição do ranking nacional de infraestrutura rodoviária, ocupada em 2014, e passar a 3ª posição em 2017, conforme dados da pesquisa CNT que avalia a qualidade das rodovias de todo o país. 

Se você quiser saber mais sobre o programa Pró-Estradas, acesse o relatório de gestão que mostra fatos relevantes sobre os últimos 4 anos de gestão. Mais detalhes a população pode conferir no documento de mais de 175 páginas que mostra as realizações do Pró-Estradas e os demais programas da Sinfra.